02/09/2012

Algumas piadas VIII

A LÓGICA DO JOÃOZINHO

Joãozinho um certo dia, presenciou uma cena meio desagradável, sua mãe nua na frente do seu pai dizendo:
- Vai me tesão, eu quero um bebê!
Sete meses depois ele vê sua mãe barriguda e pergunta:
- Mamãe, por que você está gorda?
Então ela diz:
- Não tô gorda filhinho, é que a mamãe vai ganhar um bebê!
Ao ouvir isso, Joãozinho saiu correndo em direção de seu pai que estava na sala, arrancou a roupa e disse:
- Vai meu tesão, eu quero uma bicicleta!!


ANÁLISE DE MERCADO

No confessionário, chega um malandro e confessa:
- Padre, eu pequei. Fui seduzido por uma mulher casada que se diz séria.
- És tu, Talarico?
- Sou, Sr. Padre, sou eu.
- E com quem estivestes tu?
- Padre, eu já disse o meu pecado... Ela que confesse o dela.
- Olha, mais cedo ou mais tarde eu vou saber, assim é melhor que me
digas agora!... Foi a Isabel Fonseca?
- Os meus lábios estão selados, disse Talarico.
- A Maria Gomes?
- Por mim, jamais o saberá...
- Ah! A Maria José?
- Não direi nunca!!!
- A Rosa do Carmo?
- Padre, não insista!!!
- Então foi a Catarina da pastelaria, não?
- Padre, isto não faz sentido.
O Padre rói as unhas desesperado e diz-lhe então:
- És um cabeça dura, Talarico, mas no fundo do coração admiro a tua reserva. Vai rezar vinte Pais-Nossos e dez Ave-Marias... Vai com Deus, meu filho...
Talarico sai do confessionário e vai para os bancos da igreja. O seu amigo Maneco desliza para junto dele e sussurra-lhe:
- E então? Conseguiu a Lista?
- Consegui. Tenho cinco nomes de mulheres casadas que dão para todo mundo.


CARTEIRADA

Um oficial da Polícia Federal vai a uma fazenda no interior de Minas, e diz ao dono, um velho fazendeiro:
- Preciso inspecionar sua fazenda por suspeita de plantação ilegal de maconha!
O fazendeiro diz:
- Sim senhor, mas não vá naquele campo ali - e aponta para uma certa área.
O oficial, puto da vida e cheio de arrogância, diz indignado:
- O senhor sabe que tenho o poder do governo federal comigo? E tira do bolso um crachá mostrando ao fazendeiro:
- Este crachá me dá a autoridade de ir onde quero, e entrar em qualquer propriedade. Não preciso
pedir ou responder a nenhuma pergunta. Está claro? Me fiz entender?
O fazendeiro todo educado pede desculpas e volta para o que estava fazendo. Poucos minutos depois o fazendeiro ouve uma gritaria e vê o oficial do governo federal correndo para salvar sua própria vida perseguido pelo "Santa Gertrudes", o maior touro da fazenda. A cada passo o touro vai chegando mais perto do oficial, que parece que será chifrado antes de conseguir alcançar um lugar seguro. O oficial está apavorado. O fazendeiro, mineirinho muito educado e solícito, larga suas ferramentas, corre para a cerca e grita com todas as forças de seus pulmões:
- O CRACHÁÁÁÁÁÁÁÁ, mostra o crachá pra ele!!!

Um comentário:

  1. Não entendi muito bem a última, mas a do Joãozinho... kkkkkk

    ResponderExcluir