15/09/2009

Os países de acordo com as mudanças climáticas


A avaliação dos países de acordo com os riscos de mudanças climáticas, chamada de Climate Change Vulnerability Index (CCVI), analisou as taxas de 166 países na capacidade de mitigar os riscos à sociedade e ao ambiente de negócios colocados pelas mudanças nos padrões de riscos naturais, como secas, inundações, tempestades, elevação do nível do mar e seus efeitos sobre os ecossistemas.

Segundo o comunicado de imprensa da Maplecroft, como era de se esperar, são os países mais pobres e os países com menos recursos naturais que encabeçam a lista. Os cinco principais países em maior risco de acordo com o índice são: 1) Somália, 2) Haiti, 3) no Afeganistão, 4) Serra Leoa e 5) Burundi. 28 países foram categorizados como sendo de "risco extremo", e 22 desses são africanos.

A única economia "emergente" com nível de risco elevado é a Índia (65), devido a sua alta densidade populacional, aumento do risco de segurança e preocupações com as violações dos direitos humanos. Outras economias emergentes foram listadas em médio risco (Brasil-103 e China-110) ou baixo risco (Rússia-127).

No outro extremo do espectro, a Noruega foi avaliada como risco mínimo, seguida pela Finlândia (165), Japão (164) e Canadá (163). A Noruega está na melhor posição por causa de seus recursos sociais, governamentais, naturais e sistemas ecológicos. Além disso, a baixa densidade populacional é um fator importante.

2 comentários:

  1. Excelente artigo. Parabéns!
    Com a legenda do planisfério é que nos apercebemos da real dimensão do perigo. É alarmante.

    Abraços
    Luísa

    ResponderExcluir
  2. Logo logo teremos que colonizar um novo planeta,rs.Agradecida pela presença em meu Blog,beijão moço.

    ResponderExcluir